Blog do Marcos Roberto

Minha foto
São Paulo, SP, Brazil
11 - 2115-2414 - 99287-1657 (vivo) Whatsapp - 98701-3155 (tim) E-mail marcos.roberto.natal@gmail.com

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

Trilha para Cachoeira do Anhangabaú ou Cachoeira Perdida

Cachoeira do Anhangabaú ou Perdida


Região da Serra do Mar entre Paranapiacaba e Cubatão.





Não é atoa que essa cachoeira também é chamada de “Cachoeira Perdida”. São 21 km ida e volta partindo da Vila de Paranapiacaba. Além de ser uma trilha relativamente longa, o trajeto é cheio de bifurcações e qualquer deslize você sai do caminho certo facilmente (umas 10 bifurcações no mínimo).

Segundona de Carnaval todo mundo curtindo a festança, mas como prefiro a companhia da selva, juntei uns amigos com a mesma finalidade: explorar e se divertir no meio do mato.

Saímos bem cedo, mas só começamos a trilha por volta das 8:30 da manhã. Pegamos a estrada sentido a Vila Taquarussu para entrarmos na trilha propriamente dita depois de uns 2,5 km, mas antes de chegar na entrada dessa trilha, fizemos uma pequena saída para outra cachoeira. Essa conhecida como Cachoeira da Água Fria, cerca de uns 200 m da estrada. Confesso que esse eu não conhecia apesar de passar tantas vezes naquele caminho e nunca imaginei que estava à 200 m de uma cachoeira. Ela é pequena, deve ter uns 4 ou 5 metros de altura no máximo, mas sem dúvida não deixa de ser uma boa opção para aproveitar num dia quente e o melhor é que não oferece qualquer dificuldade técnica para alcança-la.

Cachoeira da Água Fria
Voltando a trilha original, entramos na mata pela trilha que dá acesso a outra cachoeira (a do Banquinho), no meio do caminho a primeira bifurcação, uma sobe o morro e a outra continua reto. A sobe vai para a cachu do Banquinho, a outra segue para a Perdida.

Seguimos reto e aí foi ficar de olho nas coordenadas do GPS (altamente recomendado usar um para não se perder). Desse ponto em diante são inúmeras bifurcações e um sobe e desce constante até que no meio do caminho o barulho do rio logo abaixo chamou a nossa atenção. “Opa! O rio ta perto então a cachoeira num tá longe!”. Não se engane com isso. Tá longe ainda sim!
Ainda no alto da serra do lado de cá do Rio Quilombo entre uma abertura e outra no meio da vegetação conseguimos ver uma grande queda d’água descendo a serra do outro lado que estávamos, sem dúvidas era ela! Em linha reta uns 3 km para dizer o mínimo, mas ainda tínhamos que descer um zigue zague daqueles até cruzar o rio e subir do outro lado.

Rio Quilombo
Não perdemos tempo, descemos a encosta, bem íngreme por sinal, até chegarmos a margem do rio, onde paramos para um lanche e recuperar um pouco das forças antes de cruzar o rio e seguir atrás da cachoeira! Ufa! Falta sim faltava pouco!

Cruzamos o rio por cima das pedras escorregadias e qualquer deslize o banho gelado tava garantido.

Travessia do Rio Quilombo
Subimos um trecho da serra do outro lado do rio até que chegamos na base da Cachoeira Perdida, mas agora não é mais perdida pra gente né!

A queda impressiona, são aproximadamente uns 80 metros de altura e algumas pequenas quedas acompanhando o leito do rio. Simplesmente linda! Na minha opinião uma das mais bonitas desse lado da serra.

Cachoeira do Anhangabaú ou Perdida
Ficamos lá algumas horinhas, curtindo a cachoeira só pra gente, já que o acesso é difícil e arriscado, consequentemente não encontramos ninguém durante todo percurso, outro grande detalhe é que essa foi uma das trilhas mais limpas que percorri na região da serra, sem sujeita nenhuma trazida pelo ser humano. Se você for percorrer esse trajeto, faça o mesmo, traga seu lixo de volta e ajude na preservação do local.

Depois de curtir aquele paraíso só nosso, chegou a hora de voltar e não se engane, não tem elevador, teletransporte, escada rolante, nada para facilitar a volta não! Tudo que você percorreu na ida, você vai ter percorrer na volta! Então poupe energia se for fazer um bate volta, porque a subida é muito mais difícil na volta.

Ah! Não tem como deixar de avisar. Cuidado com as cobras e aranhas! Tem bastante no caminho ok! Todo cuidado é pouco! Use um bastão de caminhada para auxiliar tanto na caminhada como para tirar as teias e afastar algum animal peçonhento que cruzar seu caminho. Afastar! Não matar! Lembre-se que você está no ambiente dele, na casa dele, então respeite!


Final de trip merecido!
Depois dessa longa caminhada de exploração, finalizamos nossa trip com a sensação de alívio, por terminar uma trip bem louca e por ter a oportunidade de curtir uma cachu pouco explorada pela dificuldade de acesso. Tomara que fique assim por um bom tempo e quem for tenha consciência de preserva-la.

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Trilha da Cachoeira do Banquinho

Cachoeira do Banquinho




Explorando algumas cachoeiras na Serra do Mar.





Depois de procurar algumas informações sobre essa cachoeira, juntamos alguns amigos para aproveitar o feriado do aniversário da cidade de São Paulo e curtir o dia no meio da selva.

Partimos para Paranapiacaba local onde iniciamos a caminhada em direção à Vila Taquarussu, após 2,5 km de caminhada pela estrada conhecida como Caminho do Sal, saímos dela e adentramos na mata.

Saindo de Paranapiacaba
A trilha está bem demarcada, não oferece muita dificuldade técnica de segui-la, mas requer atenção e um pouco de preparo físico, já que ela tem aproximadamente 12 km ida e volta com algumas subidas e descidas.

Recomendo o uso de bastão de caminhada não só pelo apoio, mas para auxiliar na retirada de algumas teias de aranha no meio da trilha e para afastar algumas cobras que possam aparecer no caminho. Lembre-se de que é você que está no habitat dela, então respeite-a!

A durante a trilha passamos por várias nascentes ou o que já foram nascentes, infelizmente muitas delas estão secas, o que acende uma luz de preocupação, pois a selva vai perdendo a força quando a água começa a ficar escassa.

Uma das nascentes secas
Depois de umas duas horinhas de trilhas subindo e descendo, chegamos num pequeno córrego percorrendo por cima e várias pedras formando um bom local para um banho gostoso de água gelada da serra. Se puder, “perca uns minutinhos ali” você não vai se arrepender!

1ª Queda
Seguindo em frente, percorrendo o córrego por mais uns 80 metros você chega no topo da Cachoeira do Banquinho. Nome bem apropriado, já que a formação rochosa tem a forma de um banco acompanhando o paredão todo, propiciando ao aventureiro um lugar bem aconchegante para ficar debaixo da queda d’água muito bem acomodado. A natureza é mágica!

A Cachoeira do Banquinho
Vale ressaltar a recomendação do uso de botas nesse tipo de aventura, pois bem ao lado da cachoeira encontramos uma cobra coral entre a trilha e a pedra da cachoeira. Outro bom motivo para ficar com um bom calçado é o risco de escorregar, porque a uns 6 m da cachoeira, seguindo na mesma formação rochosa, uma nova queda se forma descendo quase em um ângulo de 90º montanha abaixo, como se fosse um gargalo ou um funil. (Tai um bom motivo para voltar e continuar descendo a trilha para ver essa nova cachoeira por baixo).

Como não daria tempo para explorar mais, aproveitamos a cachoeira sentados no banquinho caprichoso. Depois de bons momentos descontraídos retornamos para Paranapiacaba onde finalizamos o dia em um dos restaurantes da vila.

Cuidado onde pisa!
Recomendações:

- Use bastão de caminhada como já foi citado acima, o caminho tem muitas teias de aranhas e cobras, além de auxilia-lo nos barrancos e nas pedras escorregadias.
- Vá de botas de trilha, daquelas de cano longo para se proteger de torções ou picadas de cobra.

- Leve sacolas ou sacos de lixo para trazer seu lixo de volta, essa é uma das poucas trilhas que posso dizer que ainda está limpa. (salvo próximo a primeira queda onde deu a impressão de ter existido um acampamento de longa duração, talvez tenha pertencido a algum caçador que abandonou o local deixando muito lixo e entulho para trás).

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Poema

“Caminhante, são teus rastos 

   o caminho, e nada mais; 

   caminhante, não há caminho, 

   faz-se caminho ao andar.



Ao andar faz-se o caminho,


e ao olhar-se para trás

vê-se a senda que jamais

se há-de voltar a pisar.

Caminhante, não há caminho,

somente sulcos no mar.”



 Escritor espanhol Antonio Machado

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Relógio

O quê você faria se soubesse como está sua contagem regressiva ou de pessoas próximas?


O quê você mudaria se soubesse que uma vida está terminando?


Não espere até que a contagem seja explícita e inevitável!



Mude hoje para que seus dias, suas horas são dignos de serem vividos e apreciados.



Nossa contagem regressiva começou no dia da concepção, faça valer cada milésimo de segundo, momento, passo, palavra, amizade e cada nova experiência!



Viva!



TIC... TAC...TIC...TAC... TIC... TAC... TIC... TAC...

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Está faltando algo!

Como duas nações que pregam a fé e a paz em nome de Deus fazem guerras usando o nome Dele para justificar ataques e massacres?

Como um “irmão” que faz o bem e prega o amor fraterno dentro de uma igreja/mesquita/templo/comunidade, pode simplesmente ignorar e desprezar um membro de sua própria comunidade ou semelhante que professa a mesma fé no mesmo Deus, só porque não pertence ao seu próprio núcleo de convivência?

Como a cor da pele, a língua ou a nacionalidade de uma pessoa pode ser tão massacrada por pessoas que dizem “amamos a todos”?

Essas questões para mim são absurdas!

Algumas pessoas fazem de Deus o seu próprio boneco com poderes sobrenaturais, que cria e destrói tudo ao seu bel prazer, como se Deus fosse controlado por eles, como se a Bíblia, o Alcorão, ou qualquer outro livro que contenham as palavras divinas e sagradas fossem cartas brancas para dizimarem quem quer que fosse em nome de um Deus que não tem absolutamente nada haver com fanatismo, interpretações de textos equivocados, preconceitos, disputas por territórios, status, poder econômico, enfim...

Deus/Alá/Força Superior/O Cara lá de cima, como você quiser chama-lo, Ele deve estar completamente arrependido com uma única criação o “homem”.

A melhor de todas as criações se revelou o pior ser criado. Deus ainda insiste e tenta recuperar o elo perdido enviando profetas e até seu próprio Filho Jesus, e o que o homem faz? Interpreta tudo errado, muda o sentido de tudo e usa tudo isso como se fosse dono de todo poder, se esquecendo do principal sentido da Criação.

Uma simples palavra que mudaria a história da humanidade.

"AMOR"

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Pensamentos e Crônicas

Em pequenas doses/atitudes/palavras você pode:



- Mudar o mundo;

- Salvar uma vida;

- Criar uma grande amizade ou destruí-la;

- Envenenar uma pessoa;

- Estragar o mundo;

- Fazer a diferença;

- Se destacar da maioria;

- Ser incompreendido;
- Ficar bêbado;
- Ser um poliglota ou ser um troglodita;

Enfim...

Tudo que você faz, por mais sincero que seja, sempre haverá alguém julgando, criticando e medindo seus passos.

Não deixe que a inveja, a ignorância e a estupidez dos outros atrapalhe sua felicidade e te afaste dos seus objetivos e conquistas.

Foque em você!

Infelizmente, nem todos que "dizem" ser seu amigo, são seus amigos de verdade!

quarta-feira, 26 de março de 2014

A vida é uma viagem

A vida é como uma viagem de trem.

Durante o percurso muitos entrarão no seu vagão.

Alguns ficarão com você até a próxima estação e outros por mais algumas, mas poucos continuarão a viagem você até o final.

Não importa quanto tempo estarão com você, se por uma estação ou por toda viagem. 

Deixe saudade.

Deixe que sintam quanto foi importante viverem esses momentos ao seu lado. 

Inspire, cative as pessoas a sua volta mesmo que seja apenas por uma estação.

A vida é curta e o caminho pode ser longo, mas sem dúvida um longo caminho é muito melhor quando é feito bem acompanhado!

Marcos Roberto.

Momento Revolta!

Srs. Turistas!

Sejam bem vindos para nossa Copa do Mundo, sem demagogia, são bem vindo mesmo!

Teremos um enorme prazer em recebê-los! Nosso povo é alegre e acolhedor, não há dúvidas sobre isso!

Mas, antes de virem para o Brasil visitarem nossos Estádios de 1º mundo, conhecerem nossas culturas e se divertirem com o nosso povo. Façam um Chek up médico completo, porque se os senhores passarem mal ou precisarem de qualquer atendimento médico de urgência e emergência, os senhores não encontrarão nenhum hospital ou serviço público de saúde que possam prestar-lhes um atendimento digno.

Certamente vocês voltarão para seus países em um CAIXÃO.

Hoje eu lamento a morte de uma vizinha, ela passou mal em sua casa, ligaram para o RESGATE - SAMU, a demora foi tanta que ela acabou falecendo esperando o atendimento.

Demoraram mais de uma hora para prestarem o socorro e quando apareceram um dos atendentes tive a coragem de dizer: "Não adianta mais tentar o socorro, já se passou muito tempo, lamento!"

Posso afirmar que ela estava viva quando o SAMU foi chamado.

Se precisarem de um atendimento desses vocês vão morrer esperando o socorro!

Vivemos em um país que investe milhões em emoções temporárias, mas se esquecem de investir no simples, o básico para o ser humano. SAÚDE, SEGURANÇA E EDUCAÇÃO!

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

OSSOS E MÚSCULOS

SAÚDE PARA OSSOS E MÚSCULOS – ESPINAFRE, BRÓCOLIS, LEITE E DERIVADOS SÃO RICOS EM CÁLCIO

Atualmente, o crescimento da preocupação no combate à osteoporose tem feito com que o cálcio seja cada vez mais popular. No entanto, seu aproveitamento pelo organismo pode ficar a desejar se não houver vitamina D suficiente, substância que viabiliza a sua absorção. “Antes, pensávamos que este problema não aconteceria em países ensolarados, como o Brasil. Esta taxa insuficiente tem colaborado para o aumento do risco de quedas, infecções e a certos tipos de câncer, como o de mama e o de cólon”, conta Paulo Lacativa, membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.
Entre as causas da carência de cálcio no organismo, o médico cita desnutrição e doenças que acometem o intestino, impedindo a absorção deste mineral, por falta de vitamina D. “O déficit também pode estar relacionado à deficiência do paratormônio, hormônio produzido nas paratireóides e que regula os níveis de cálcio no sangue”, completa.
De acordo com Paulo Lacativa, o cálcio tem importância crucial para a prevenção de diversos problemas de saúde, especialmente a osteoporose. Neste caso, o mineral ajuda a conter a progressão da perda de massa óssea e a diminuir o risco de fratura. “O osso de um paciente com este problema é como uma parede que possui os tijolos espaçados uns dos outros. O cálcio é como o cimento que liga estes tijolos”, explica.
O mineral também é essencial para o processo de contração muscular. Segundo Lacativa, quando o cálcio está em níveis abaixo do ideal, pode haver contrações espontâneas, chamadas de tetania. “Algumas contrações são imperceptíveis, mas podem levar à fadiga do músculo, acarretando sensação de dormência e formigamento na ponta dos dedos dos pés e mãos, ao redor da boca e na língua”.
Por outro lado, o excesso no organismo pode dar azia, dor no estômago, úlcera gástrica, e até mesmo alterações psiquiátricas, como alteração do humor e da personalidade. “Em alguns casos, também pode haver sensação de boca seca e aumento da quantidade de urina levando à desidratação. Ainda pode causar cálculo renal e calcificação de vasos, aumentando o risco de infarto agudo do miocárdio. No entanto, tais complicações só acontecem em casos muito específicos e relacionados a algumas doenças. Elas não têm relação com suplementos de cálcio”, esclarece o médico.
Para manter a quantidade de cálcio equilibrada no organismo, Paulo Lacativa recomenda a inclusão de vegetais escuros – espinafre e brócolis, por exemplo – bem como leite e derivados e na dieta alimentar. “O ideal é que homens e mulheres adultos consumam entre 1000mg a 1200mg por dia. Mulheres na menopausa, 1500mg. Já grávidas, lactantes e crianças em crescimento possuem necessidade aumentada e devem consumir 1800mg”, indica.
Fonte – Unimed Rio

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

FATORES DE RISCO

São condições ou características que aumentam as chances de uma pessoa desenvolver uma doença e podem ser de origem hereditária, socioeconômica/ambiental e comportamental. Os fatores de risco comportamentais como o tabagismo, alimentação não saudável, inatividade física, estresse, sobrepeso/obesidade e consumo de álcool são responsáveis pela ocorrência de várias doenças crônicas, especialmente as circulatórias, respiratórias, câncer e diabetes, porém são passíveis de intervenção.
Pequenas mudanças nos fatores de risco em indivíduos que estão sob risco moderado podem ter um enorme impacto na qualidade de vida, reduzindo morte prematura e  incapacidade. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), se os principais fatores de risco fossem eliminados por meio de mudanças no estilo de vida, pelo menos 80% de todas as doenças do coração, dos derrames e dos diabetes do tipo 2 poderiam ser evitados. Além disso, mais de 40% dos cânceres poderiam ser prevenidos. (OMS, 2005)
Em relação aos números de mortes causadas pelos fatores de risco, a OMS/2010 chegou na seguinte estimativa: a hipertensão arterial, principal fator de risco para doenças cardiovasculares, causa cerca de 7,5 milhões de mortes por ano; ao tabagismo são atribuídas 6 milhões de mortes por ano, seguidas pela inatividade física (3,2 milhões de mortes/ano), sobrepeso/obesidade (2,8 milhões), colesterol elevado (2,6 milhões) e consumo abusivo de álcool (2,3 milhões morte/ano).
Abaixo mais informações sobre os principais fatores de risco e suas consequências para a saúde:
  • Tabagismo
  • Inatividade Física
  • Sobrepeso e Obesidade
  • Álcool
  • Estresse
  • Alimentação Não Saudável
Fonte site ANS

Consulte sempre um Corretor de Seguros quando for contratar seu plano de Saúde.

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

OSTEOPOROSE


O QUE É OSTEOPOROSE?

É uma doença do osso caracterizada pela diminuição da densidade óssea, ou seja, o osso torna-se mais fino e poroso. Essa alteração enfraquece o osso, tornando-o mais susceptível a fraturas após algum trauma ou até a fraturas espontâneas.

QUAIS SÃO OS FATORES DE RISCOS PARA DESENVOLVER OSTEOPOROSE?

Muitas causas podem estar envolvidas, incluindo fatores genéticos e ambientais. Entre os demais fatores de risco para Osteoporose podemos citar:

·         História familiar de Osteoporose;

·         Raça branca ou asiática;

·         Baixo peso e baixa estatura com ossatura delicada;

·         Mulheres após a menopausa, sem reposição hormonal;

·         Idade avançada;

·         Uso prolongado de determinados medicamentos, tais como, cortisona, heparina, anticonvulsivantes e metrotrexate;

·         Doenças que levem à imobilização ou repouso prolongado;

·         Alimentação deficiente em cálcio e vitamina D;

·         Alcoolismo;

·         Tabagismo;

·         Uso excessivo de café e doenças de evolução prolongada que afetem a calcificação do osso, como algumas doenças reumatológicas, endócrinas, genéticas e hepáticas;

·         Sedentarismo;

·         Ingestão inadequada de cálcio.

É VERDADE QUE AS MULHERES TEM MAIS OSTEOPOROSE QUE OS HOMENS, QUAL O MOTIVO?

Sim, isto tanto é verdade que ser do sexo feminino é um fator de risco muito importante para Osteoporose. Sabe-se que uma em cada três mulheres desenvolve Osteoporose no período pós-menopausa, enquanto nos homens acima de 60 anos, apenas um em cada seis a desenvolve. Isto é explicado, essencialmente, pela diminuição do estrogênio (principal hormônio produzido pelos ovários) após a menopausa, hormônio este que no sexo feminino tem importante ação protetora contra a perda óssea.

QUAIS SÃO OS PRINCIPAIS SINTOMAS?

A diminuição da massa óssea, mesmo em níveis que podem ser caracterizados como Osteoporose, normalmente, não acarreta sintomas. A Osteoporose funciona, dessa forma, como um “ladrão silencioso” que de maneira lenta e progressiva promove a perda de massa óssea, até que o osso fique tão fraco a ponto de não suportar o esforço mecânico, ocorrendo a fratura. Neste momento, ou seja, já num estágio mais avançado da doença, aí sim o paciente pode apresentar dor.

ONDE COSTUMAM OCORRE AS FRATURAS?

As fraturas mais comuns são as fraturas das vértebras (compressão com achatamento da coluna levando à diminuição da estatura), fraturas de quadril, punho, costelas e colo do fêmur.

COMO DIAGNOSTICAS A OSTEOPOROSE?

A densitometria óssea é o exame recomendado no diagnóstico da Osteoporose. Ela fornece a media quantitativa da perda de massa óssea. O Exame não é invasivo nem doloroso. A maior parte das avaliações mede a densidade do osso em pelo menos dois locais: coluna lombar e fêmur. A comparação dos resultados obtidos do paciente, com os valores de referencia para uma população semelhante (em idade e sexo) possibilita verificar o grau de comprometimento ósseo. O teste deve ser realizado em todas as mulheres após a menopausa e, evidentemente, mais cedo, em indivíduos com pelo menos dois fatores de risco para Osteoporose assim como naquelas com queixas sugestivas da doença.

COMO PREVINIR A OSTEOPOROSE?

A falta de prevenção da Osteoporose resulta em algum tipo de fratura em metade das mulheres ao redor dos 70 anos e em duas em cada três mulheres aos 80 anos de idade. Percebemos, portanto, a grande importância das medidas preventivas listadas abaixo:

·         Alimentação rica em cálcio: leite e derivados, vegetais de folhas verdes, carnes e peixes;

·         Exposição regular ao sol, já que o sol é necessário para a formação de vitamina D no organismo;

·         Praticar exercícios regularmente (pelo menos três vezes por semana) estando indicados em especial exercícios tais como caminhar, correr, dançar, jogar tênis assim como exercícios com peso (que além de efeitos diretos sobre o osso, aumentam o tônus e a massa muscular, melhorando o equilíbrio e prevenindo as quedas).

·         Evitar os fatores de risco para Osteoporose relacionados anteriormente.

A OSTEOPOROSE TEM TRATAMENTO?

Sim. Uma vez que diagnosticada a Osteoporose e identificada a sua causa, medidas terapêuticas tais como a prática regular de exercícios, exposição ao sol, alimentação rica em cálcio e, em alguns casos, medicações específicas para manter a massa óssea e tratar a menopausa são indicados.
Fonte: Medicina Diagnótica Lavoisier


sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Dicas de Saúde - Hepatite B e C

Hepatite é uma inflamação do fígado, geralmente de evolução silenciosa e quase sem sintomas. As hepatites B e C são causadas por um vírus. Milhões de pessoas podem ser portadoras dos vírus, mas ainda não sabem.

Transmissão

As hepatites B e C podem ser transmitidas por sangue contaminado presente em objetos como agulha, alicate de unha, aparelho de barbear e pelo uso de material não esterilizado na colocação de piercing, na realização de tatuagens e em procedimentos cirúrgicos.

Pessoas que recebem transfusão de sangue antes de 1993 podem ter adquirido hepatite C.

A hepatite B é uma Doença Sexualmente Transmissível (DST) e muito fácil de pegar.

Também pode ser transmitida da mãe portadora do vírus para o filho, principalmente no momento do parto.

Não se pega hepatite B ou C atraváes de abraço, aperto de mão, beijo, uso de talheres, copos, uso do mesmo banheiro e de assento de ônibus.

Diagnóstico

Só com exames de sangue específicos é possível saber se a pessoa está ou não com hepatite B ou C. Estes exames podem ser realizados em qualquer Unidade Básica de Saúde (UBS) ou nos Centros de Testagem e Aconnselhamento (CTA).

Como previnir

* Não compartilhar objetos como escova de dente, lâminas de barbear ou depilar, seringas e agulhas, materiais para fazer tatuagens e piercing, cachimbos e canudos para os usuários de drogas. Utilizar material esterilizado ou descartável em serviços de saúde, salões de beleza, realização de tatuagem ou colocação de piercing.

* Usar camisinha em todas as práticas sexuais.

Para a prevenção da hepatite B existe vacina. Para ficar protegido é preciso receber três doses da vacina.

A vacina é oferecida em todas as UBS para pessoas até 29 anos, gestantes e pessoas com maior risco de contrair o vírus como profissionais da saúde, hemofílicos, pacientes que fazem hemodiálise, portadores do vírus da hepatite C, bombeiros, policiais, manicures, portadores de HIV, profissionais do sexo, usuários de dorgas.

As crianças devem receber a primeira dose da vacina nas primeira 24 horas após o nascimento para evitar a transmissão de hepatite B para o recém nascido.

Para a hepatite C não existe vacina.

As pessoas com hepatite B ou C devem ser encaminhadas para a rede de Ambulatórios de Especialidade.

FONTE PREFEITURA DE SÃO PAULO.

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Conheça um pouco mais sobre a Diabetes

O Diabetes Mellitus (DM) é uma síndrome metabólica de origem múltipla, decorrente da falta de insulina e/ou da incapacidade de a insulina exercer adequadamente seus efeitos. A insulina é produzida pelo pâncreas e é responsável pela manutenção do metabolismo da glicose e a falta desse hormônio provoca déficit na metabolização da glicose e, conseqüentemente, diabetes. Caracteriza-se por altas taxas de açúcar no sangue (hiperglicemia) de forma permanente.

Tipos:

- Tipo 1: causada pela destruição das células produtoras de insulina, em decorrência de defeito do sistema imunológico em que os anticorpos atacam as células que produzem a insulina. Ocorre em cerca de 5 a 10% dos diabéticos.

- Tipo 2: resulta da resistência à insulina e de deficiência na secreção de insulina. Ocorre em cerca de 90% dos diabéticos.

- Diabetes Gestacional: é a diminuição da tolerância à glicose, diagnosticada pela primeira vez na gestação, podendo ou não persistir após o parto. Sua causa exata ainda não é conhecida.

- Outros tipos: são decorrentes de defeitos genéticos associados com outras doenças ou com o uso de medicamentos. Podem ser: defeitos genéticos da função da célula beta; defeitos genéticos na ação da insulina; doenças do pâncreas exócrino (pancreatite, neoplasia, hemocromatose, fibrose cística, etc.); induzidos por drogas ou produtos químicos (diuréticos, corticóides, betabloqueadores, contraceptivos, etc.).

Principais sintomas do DM tipo 1: vontade de urinar diversas vezes; fome freqüente; sede constante; perda de peso; fraqueza; fadiga; nervosismo; mudanças de humor; náusea; vômito.

Principais sintomas do DM tipo 2: infecções freqüentes; alteração visual (visão embaçada); dificuldade na cicatrização de feridas; formigamento nos pés; furúnculos.

Complicações:

O tratamento correto do diabetes significa manter uma vida saudável, evitando diversas complicações que surgem em conseqüência do mau controle da glicemia. O prolongamento da hiperglicemia (altas taxas de açúcar no sangue) pode causar sérios danos à saúde:

- retinopatia diabética: lesões que aparecem na retina do olho, podendo causar pequenos sangramentos e, como conseqüência, a perda da acuidade visual.

- nefropatia diabética: alterações nos vasos sanguíneos dos rins fazem com que haja a perda de proteína na urina; o órgão pode reduzir sua função lentamente, porém de forma progressiva, até sua paralisação total.

- neuropatia diabética: os nervos ficam incapazes de emitir e receber as mensagens do cérebro, provocando sintomas como: formigamento, dormência ou queimação das pernas, pés e mãos; dores locais e desequilíbrio; enfraquecimento muscular; traumatismo dos pêlos; pressão baixa; distúrbios digestivos; excesso de transpiração e impotência.

- pé diabético: ocorre quando uma área machucada ou infeccionada nos pés desenvolve uma úlcera (ferida). Seu aparecimento pode ocorrer quando a circulação sanguínea é deficiente e os níveis de glicemia são mal controlados. Qualquer ferimento nos pés deve ser tratado rapidamente para evitar complicações que podem levar à amputação do membro afetado.

- infarto do miocárdio e acidente vascular: ocorrem quando os grandes vasos sanguíneos são afetados, levando à obstrução (arteriosclerose) de órgãos vitais como o coração e o cérebro. O bom controle da glicose, somado à atividade física e medicamentos que possam combater a pressão alta, o aumento do colesterol e a suspensão do tabagismo, são medidas imprescindíveis de segurança. A incidência deste problema é de 2 a 4 vezes maior nas pessoas com diabetes.

- infecções: o excesso de glicose pode causar danos ao sistema imunológico, aumentando o risco da pessoa com diabetes contrair algum tipo de infecção. Isso ocorre porque os glóbulos brancos (responsáveis pelo combate aos vírus, bactérias, etc.) ficam menos eficazes com a hiperglicemia. O alto índice de açúcar no sangue é propício para que fungos e bactérias se proliferem em áreas como boca e gengiva, pulmões, pele, pés, genitais e local de incisão cirúrgica.

Prevenção e controle:

Pacientes com história familiar de DM devem ser orientados a:

- manter o peso normal; não fumar; controlar a pressão arterial; evitar medicamentos que potencialmente possam agredir o pâncreas; praticar atividade física regular.

Pacientes com DM devem ser orientados a:

- realizar exame diário dos pés para evitar o aparecimento de lesões; manter uma alimentação saudável; utilizar os medicamentos prescritos; praticar atividades físicas; manter um bom controle da glicemia, seguindo corretamente as orientações médicas.

Fonte: Ministério da Sáude e Sociedade Brasileira de Diabetes

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Dicas de Alogamento

O corpo é constituído por ossos, músculos, tendões, ligamentos e cartilagens. Os músculos são os motores que tracionam os tendões, que movimentam os ossos e fazem o corpo se mover. Para a realização das tarefas diárias, os músculos passam o dia todo recebendo estímulos da contração que, associados às tensões da vida moderna, fazem com que eles encurtem. Este encurtamento acaba apertando osso contra osso, provocando problemas como dores e deformações. Para manter as articulações em boas condições é preciso fazer exercícios de mobilidade e alongamento!

Por que se alongar?
- reduz a tensão muscular, promovendo o relaxamento;
- evita lesões nos músculos e articulações;
- promove movimentos amplos e soltos;
- melhora a circulação do sangue;
- aumenta a flexibilidade;
- amplia a mobilidade das articulações;
- fortalece ligamentos e tendões;
- auxilia no equilíbrio corporal, importante para o envelhecimento saudável;

Dicas importantes:
- nunca é tarde para começar a fazer alongamentos;
- não espere as dores chegarem e, se chegaram, inicie já;
- independentemente da idade, todas as pessoas devem fazer exercícios;
- alongue-se sempre que puder, antes de se levantar, de se deitar, enquanto assiste à TV;
- procure relaxar enquanto se alonga;
- não ultrapasse seu limite a ponto de sentir dor durante os exercícios;
- permaneça de 15 a 30 segundos esticando em cada posição, se não sentir dor;
- o conforto chega com o tempo, o processo é em longo prazo;
- uma das formas de melhorar a flexibilidade do quadril é sentar-se no chão (sobre um tapete) com as pernas cruzadas, costas retas e apoiadas na parede, cabeça alinhada. Permaneça assim por 10 minutos. Mude a posição das pernas depois de 5 minutos.

Respiração: respire de forma lenta e rítmica, inspirando pelo nariz e expirando pela boca; isso vai facilitar o exercício e permitir chegar mais longe com menos esforço.
Pratique 30 minutos de exercício físico por dia. Faça cada movimento parado, por um tempo de 15 a 30 segundos, sempre com os dois lados, direito e esquerdo.

Alongue suas idéias!
- seja flexível;
- otimista;
- tolerante;
- confie em você;
- tenha fé;
- faça diariamente uma higiene mental.


Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco. Alongar: comece já. Aprenda a viver melhor. (Folder).

quinta-feira, 26 de abril de 2012

26 de abril - Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial

A hipertensão arterial ou pressão alta, é uma doença que ataca os vasos angüíneos, coração, cérebro, olhos e pode causar paralisação dos rins. Ocorre quando a medida da pressão se mantém freqüentemente acima de 140 por 90 mmHg. Essa doença é herdada dos pais em 90% dos casos, mas há vários fatores que influenciam nos níveis de pressão arterial, entre eles:

- fumo, consumo de bebidas alcoólicas, obesidade, estresse, grande consumo de sal, níveis altos de colesterol, falta de atividade física;
- além desses fatores de risco, sabe-se que sua incidência é maior na raça negra, aumenta com a idade, é maior entre homens com até 50 anos, é maior entre mulheres acima de 50 anos, é maior em diabéticos;

Sintomas:

Os sintomas da hipertensão costumam aparecer somente quando a pressão sobe muito: podem ocorrer dores no peito, dor de cabeça, tonturas, zumbido no ouvido, fraqueza, visão embaçada e sangramento nasal.


Prevenção e controle:


A pressão alta não tem cura, mas tem tratamento e pode ser controlada. Somente o médico poderá determinar o melhor método para cada paciente, mas além dos medicamentos disponíveis atualmente, é imprescindível adotar um estilo de vida saudável:

- manter o peso adequado, se necessário, mudando hábitos alimentares;
- não abusar do sal, utilizando outros temperos que ressaltam o sabor dos alimentos;
- praticar atividade física regular;
- aproveitar momentos de lazer;
- abandonar o fumo;
- moderar o consumo de álcool;
- evitar alimentos gordurosos;
- controlar o diabetes.

 Fonte: Ministério da Saúde e Biblioteca Virtual em Saúde do Ministério da Saúde

Consulte sempre um médico, não tome medicamentos sem acompanhamento médico.



sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Dica de Lazer

Em comemoração ao 458º da cidade de São Paulo, a 'Caminhada Noturna pelo Centro' promove nesta terça feira dia 24 a meia noite, uma "caça a fantasmas" no centro de São Paulo.
Você tem coragem?

Então venha participar da "caçada aos fantasmas da cidade de São Paulo", nesse roteiro, faremos uma caminhada pelo Centro velho de São Paulo, a participação é gratuita, a caminhada começa a 00:00, isso mesmo à meia noite do dia 24 para o dia 25, desvend
aremos as riquezas arquitetônicas e pontos históricos do centro, passaremos por locais que ainda reservam lendas sobre manifestações do 'além' e aparições de fantasmas, como: Teatro Municipal, Edifício Martinelli, Galeira do Rock, Casa da Marquesa, Igreja da Boa Morte e o Monumento "Mãe Preta", entre outros. A sede da Prefeitura de São Paulo será alvo de um exorcismo para propriciar 'bons fuídos' à cidade.

Depois da caminhada, os participantes poderão assistir no Cine Dom José, sessão gratuita do filme 'Deixe ela entrar' (terrorzinho).

Logo após a exibição, será oferecido um café da manhã aos caminhantes.

Lembrando que dia 25 é aniversário da cidade então não tem desculpa, só se vc tiver muito medo.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Conservação de alimentos

Cuidados em casa
Dicas para a conservação dos alimentos sem bactérias
Em casa, a Organização Mundial de Saúde (OMS) orienta manter carne crua separada e os alimentos que são consumidos crus, como frutas e vegetais, devem ser lavados antes de acondicioná-los na geladeira ou fruteira. Isso garante um consumo saudável e livre de doenças. “Um dos maiores erros é guardar os alimentos na geladeira sem embalar. Tudo deve estar bem fechado”.
Veja algumas dicas:
Coloque tomates e frutas em vasilhas de plástico fechadas e bem higienizadas. Ao chegar da feira, pegue os tomates e lave-os bem com água corrente e detergente. Depois enxugue-os e guarde-os dentro de um vasilhas;
No caso das frutas, coloque-os de molho NBA água com vinagre. “Para cada litro de água, coloque duas colheres de sopa de vinagre e deixe as frutas mergulhadas por meia hora”;
Verduras e legumes podem ficar no gavetão da geladeira, bem higienizados e dentro de saquinhos. “mas não pode ser o mesmo que eles foram embalados na feira. O saquinho também deve estar limpo”;
Respeite a validade: pratos que levam molhos levam, no máximo dois dias na geladeira;
Carnes não podem ser congeladas por mais de uma vez, isso aumenta a proliferação de bactérias;
Cuidado ao manusear tábuas e facas. “Se você usou a faca pra cortar algum alimento cru. Deve lavá-la bem antes de cortar qualquer outro tipo de alimento”.
Dicas da Nutróloga do Hospital Carlos Chagas, Regina  Marquez.
Fonte Metrô News

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Um Natal diferente na Vila

O Monstro do Natal

Tudo aconteceu num Natal não muito tempo atrás.

Seu Frederico era um homem bondoso, tinha cabelos e barbas brancos pela idade já avançada. Era um homem alto com 1,82 de altura e pesava cerca de 130 quilos. Ele vivia sempre alegre e sorridente. Adorava as crianças e sempre se vestia de PAPAI NOEL no Natal.

Ano após ano Seu Frederico colocava aquela roupa estranha, calça vermelha, botas pretas, casaco vermelho com detalhes em branco, o tradicional gorro na cabeça com a mesma cor com um pompom branco na ponta e um saco bem grande onde guardava os presentes que distribuía para as crianças do bairro em que morava sempre dizendo - FELIZ NATAL... OHOHOHOHO!!!

Certa vez, numa noite onde tudo parecia estranho e sinistro, começaram a aparecer animais mortos nas ruas. Eles sempre apareciam mutilados, ora sem uma perna, sem uma pata ou até mesmo sem cabeça.

A polícia local começou a investigar quem seria o cruel assassino de animais de rua, mas não conseguia nenhuma pista de quem estava fazendo isso com os bichinhos. De início, segundo a polícia, eram gatos e cachorros de rua e ninguém se importava muito. Mas logo começaram as reclamações de moradores que não encontravam seus animais de estimação e temiam que tivessem sido vítimas do mesmo monstro matador de animais.

Um dos moradores, seu Sérgio, falou para o delegado Reinaldo que viu um homem com mais de 1,80 de altura e que achava estranho, pois tinha braços desproporcionais ao corpo, descrevendo-o mais ou menos assim: era alto, tinha um braço maior que o outro, andava mancando e parecia fazer muito barulho com a boca, mas não dava para entender direito se ele falava ou se grunhia e quando o viu tentou correr atrás, mas, seu Sérgio correu de medo.

Outro morador, já havia descrito da mesma forma esse homem. Segundo ele, esse monstro matador de animais estava perseguindo seu pastor alemão, que o tinha estranhado e avançou sobre ele.

O Delegado divulgou a todas as viaturas disponíveis o retrato falado com as características desse homem e que todos tinham total liberdade de abordar quem quer que parecesse suspeito.

Passadas algumas noites, nenhum animal apareceu morto na vila, mas estavam preocupados com o Seu Frederico que havia desaparecido sem deixar noticia e como já se aproximava o Natal, as crianças estavam esperançosas para ganhar alguma coisa do Papai Noel Frederico.

Numa outra noite com névoa e um clima sombrio, a viatura do policial Pedro avistou um homem andando tarde da noite com roupas de Papai Noel.  Pedro se aproximou pensando ser o Seu Frederico e tomou um baita susto quando viu que era um monstro, rosto deformado, braços desproporcionais e não conseguia entender o que ele falava, era muito estranho. A parceira do policial Pedro a policial Raquel estava mais atenta e percebeu que era o assassino dos animais, então começaram a persegui-lo por ruas e avenidas, mas o monstro escapou.

O delegado Reinaldo, mandou que todos os seus homens seguissem pra lá a procura do estranho.

Nesse meio tempo encontraram o corpo do Seu Frederico todo mutilado e sem roupas, não havia dúvidas, o monstro matou Seu Frederico e estava usando suas roupas de Papai Noel.

Já era tarde, Fábio estava voltando do trabalho passando naquela mesma viela que sempre passara à vida toda as 03h00min da manhã, quando de repente viu uma figura toda de vermelho vindo em sua direção. No começo achou que era seu Frederico, pois ele foi uma das crianças que já ganhou alguma coisa no Natal do Seu Frederico ou do Papai Noel Frederico.

Todo sorridente Fábio se aproximou dele para cumprimentá-lo mas parou assustado com a figura estranha a sua frente. Como se fosse uma assombração ele se benzeu três vezes e saiu correndo o máximo que pode e a figura estranha começou a persegui-lo sem dar trégua. Foi quando Fábio passou por uma viatura, a viatura de Pedro que cercou o tal monstro.

Com o rádio em mãos o policial chamou reforços e logo o monstro estava cercado, não havia por onde fugir.

Então, um dos policiais do batalhão, tentou prendê-lo mas foi morto ao chegar perto do monstro. Parecia que ele soltava algum tipo de energia pelas mãos e o policial morreu ali na frente de todos os amigos. Foi aí que começaram os tiros.

Os tiros foram tantos que muitas pessoas acharam que era uma fogueteira já comemorando o Natal, por ser 23h39min do dia 24 de dezembro. Alguns moradores saíram para as ruas próximas pensando que veriam fogos de artifícios explodindo, mas, o que viram foi algo terrível.

O assassino dos animais com as roupas do Seu Frederico que ele também havia matado sendo alvejado por vários tiros dos policiais que fecharam o cerco sobre ele.

Foi nesse momento que todos pararam o que estavam fazendo e ouviram um grunhido tão forte e horroroso que deu arrepios em quem estava presente à cena, mesmo sendo tão alvejado o monstro não morria. Ele começou a se irritar e suas mãos começaram a brilhar cada vez mais até que tudo aconteceu.

O monstro bateu as mãos como se fossem palmas e despejou uma descarga elétrica tão forte nos que estavam próximos que caíram no chão se debatendo em choque.

Os demais policiais do batalhão e o delegado Reinaldo começaram novamente a atirar na figuram monstruosa que estava a sua frente. Não se sabe até hoje quantos tiros foram disparados no total, mas o monstro tombou... ufa vencemos!, gritou um policial. As crianças e as famílias que estavam vendo a cena à frente começaram a gritar de euforia, mas pararam logo que perceberam o monstro se levantar enfurecido.

Mais uma vez ele estendeu as mãos para bater palma, só que dessa vez ele estava muito furioso e iria acabar com toda aquela perseguição de uma só vez. Quando enfim ele se preparou para bater as palmas novamente, a eletricidade era tamanha que ele parou para ver o que podia fazer e acabou batendo com as palmas no próprio corpo e desapareceu completamente deixando uma nuvem de fumaça negra e um cheiro horrível de carne queimada.

Até hoje não se sabe o que aconteceu com o Monstro do Natal, se morreu ou se voltará em algum outro natal. Fato é que a vila não foi mais a mesma. Ninguém mais queira se vestir de Papai Noel. 


Marcos Roberto